5 dicas infalíveis para engajar os alunos no ensino remoto

Ações simples para envolver os estudantes e até os próprios pais na difícil tarefa de ressignificar a sala de aula em ambiente virtual

O engajamento dos alunos tem sido uma dificuldade para você no ensino híbrido? E o engajamento dos pais, também? Saiba que você não está sozinho neste dilema do EAD (ensino a distância).

A queixa sobre a dificuldade de chamar a atenção dos estudantes de todas as idades nas aulas on-line vem sendo compartilhada por muitos professores e coordenadores, principalmente durante a pandemia.

Ajuda dos pais

Recentemente, trouxemos aqui no blog informações para contribuir com a superação das maiores dificuldades de aprendizagem vividas no ensino híbrido.

E, entre as orientações, falamos também sobre o engajamento dos alunos. Pois se estimular a participação dos estudantes já era um desafio nas aulas presenciais, no ensino híbrido, esta missão veio à tona.

E esta conquista envolve não só o engajamento dos alunos, como também dos pais. Afinal, é importante que, em casa, eles incentivem e acompanhem o andamento das atividades, bem como evitem o abandono das aulas on-line.

Ressignificando a sala de aula e o jeito de ensinar

Repensar o estilo de ensino, os velhos hábitos e as receitas que sempre funcionaram são essenciais e certamente muita inovação já está sendo colocado em prática.

Mas assim como o mundo digital tem muitas distrações, tem também várias possibilidades e ferramentas para vencê-las durante as aulas.

Aqui vão algumas dicas simples que podem ajudar a garantir o bom andamento das aula on-line, com a engajamento presente dos alunos e, de quebra, dos pais, na superação deste grande desafio da educação em 2021.

Vamos às dicas?

1.      Mexer o corpo

A princípio, esta parece uma orientação desconexa, mas precisamos lembrar que as longas jornadas em frente ao computador exigem muito do nosso corpo fisicamente.

Neste período que passamos sentados, o desconforto ganha força e, com isso, pode acabar influenciando a atenção dos estudantes. Quanto mais cansados, menos participativos serão.

Então, seguindo orientações compartilhadas pelo portal XV Curitiba, sobre engajamento nas aulas de remotas de educação física, lembramos que uma forma de incentivar a presença dos estudantes é realizar alongamentos no decorrer das atividades.

Isso vai evitar dores musculares e ainda gerar um momento de descontração. É possível, até mesmo, convidar os pais para participarem, afinal, não há contraindicação para esta prática.

2.      Aproxime-se dos alunos no EAD

Não é porque estão longe fisicamente que você precisa manter-se distante dos alunos. Pelo contrário, quando os profissionais da educação buscam se aproximar dos estudantes e até mesmo dos pais, por meio das tecnologias e redes sociais, por exemplo, o engajamento costuma ser maior.

Em conteúdo compartilhado pelo Observatório de Educação do Instituto Unibanco, foi reforçado que o ensino remoto proporciona maior tempo de interação entre docentes e alunos.

Assim, esta dinâmica possibilitada pelas ferramentas digitais pode servir como apoio aos professores ao acompanharem o desenvolvimento e participação dos alunos. Este é um canal para questionar os motivos da falta de motivação deles, por exemplo, e tentar contorná-la instigando a participação por mensagens motivacionais.

3.      Recompensas

A gamificação é uma estratégia já conhecida e bastante eficaz para promover o engajamento dos alunos. Afinal, quem é que não gosta de ser recompensado pelo esforço dedicado à uma atividade?

É do princípio do uso de elementos dos videogames que a participação será conquistada. Além de proporcionar uma experiência diferenciada aos alunos, é possível utilizar os recursos da gamificação a favor da aprendizagem, usando o conteúdo de ensino em meio às atividades.

Podem ser desde perguntas e respostas até desafios mais complexos, que gerem a criação de rankings: o importante aqui é jogar para despertar o foco! E para aproximar familiares, que tal convidá-los para estas atividades, promovendo maior interação também entre pais e filhos?

4.      Incentive projetos colaborativos

Você se lembra de nossa publicação sobre as principais metodologias ativas para seu plano pedagógico em 2021?

Pois nesta ocasião, trouxemos informações sobre a aprendizagem baseada em projetos. Este recurso define a criação de projetos construtivos, investigativos ou didáticos, com ações divididas entre as etapas de intenção, planejamento, execução e julgamento.

Ao incentivar a interação e colaboração nestas atividades, é possível combater os embates vividos no ensino híbrido, uma vez que o trabalho coletivo exige a participação de todos e, caso alguém não cumpra com sua parte, pode prejudicar o todo.

Lições de cidadania e competências socioemocionais, inclusive, estão garantidas nessa experiência, que pode ser extremamente rica e inovadora.

5.      Use a tecnologia a favor da criatividade

Uma vez que você já está conectado para a aula on-line, que tal utilizar ferramentas digitais para incrementar as atividades?

Você sabia que pode compartilhar com os alunos do ensino híbrido experiências on-line como tabelas periódicas interativas, visualizações de planetários digitais, e até mesmo utilizar simuladores para criação de projetos diversos.

Se achar esta estratégia interessante, saiba que o Sesi (Serviço Social da Indústria), por exemplo, oferece mais de 17 mil recursos pedagógicos e digitais gratuitos aqui.

As ferramentas de aprendizagem permitem a maior interatividade e, assim, despertam a atenção dos alunos, evitando que percam o foco. Outra dica é até aprender com eles e deixar que eles mesmos sugeram novas tecnologias e recursos mais voltados para seu mundo e sua realidade.

Dica Bônus!

E tem mais uma importante ferramenta que você precisa conhecer para aprimorar as atividades on-line: a Ciranda de Livro. Metodologia ativa que permite que os alunos escrevam seus próprios livros e tornem-se autores, ela tem alta capacidade de retenção da atenção dos alunos.

A plataforma pedagógica digital envolve atividades lúdicas e criativas, ideal para os profissionais que querem enriquecer e engajar o aprendizado de sua turma, garantindo também o engajamento dos pais com um resultados de grande valor afetivo à família. Quer saber mais? Acesse o site!

Deixe uma resposta