6 dicas para o professor que quer otimizar seu tempo na nova rotina híbrida

Como melhor se organizar e quais ferramentas escolher para readequar sua rotina em tempos de ensino híbrido?

Organização é tudo, dentro e fora de sala de aula. Afinal, para lidar com as diversas responsabilidades da vida pessoal e profissional, é preciso saber também como melhor aproveitar o tempo disponível para cada atividade.

Hoje, com a nova rotina de ensino híbrido, os professores precisam dividir e realizar suas tarefas no mundo on-line e off-line.

E, ao mesmo tempo que este cenário exige mais agilidade, também já existem muitas ferramentas para o professor atender às demandas com mais facilidade, graças à evolução digital.

Por isso, listamos aqui dicas para o professor otimizar o tempo na rotina do ensino híbrido e manter-se atualizado com a Educação 5.0. Vamos lá?

Otimize a rotina do ensino híbrido com estas dicas!

1 – Visualize tudo o que você precisa fazer

Para começar a organizar sua rotina no ensino híbrido, você precisa ter clareza sobre todas as atividades da sua agenda. Então, reserve algumas horas da sua semana para verificar:

  • Tudo o que você precisa fazer;
  • Quanto tempo você necessita para cada tarefa;
  • Quais são as datas limites de realização.

Faça este passo a passo de acordo com cada turma, e em seguida reúna todas as informações em um só planejamento, de forma bastante visual. Assim, será mais fácil saber como encaixar cada uma dessas tarefas no tempo que você tem disponível.

Para esta etapa, você pode usar por exemplo as ferramentas de mapa mental on-line. Existem diversos sites que ajudam a organizar as atividades neste sentido, de forma digital, por meio da criação de uma linha de raciocínio com elementos automatizados.

Nesta publicação, o portal TechTudo listou seis sites para mapa mental gratuitos. Confira!

2 – Agora, planeje-se!

Planejar a rotina no ensino híbrido vai além de apenas visualizar tudo o que você tem a fazer e quando precisa fazer. É importante calcular o tempo necessário para executar cada atividade, de acordo com o período que você tem disponível para isso.

Além disso, nesta fase, você precisa selecionar todo o material que será necessário para colocar o plano de ensino em ação, as estratégias que serão usadas em sala de aula, as ferramentas que precisa para isso…

Enfim, aqui estamos falando sobre tudo o que você possa antecipar para, lá na frente, resolver com agilidade e de forma assertiva. Então, deixe tudo preparado para não só cumprir com a agenda, como também para dar continuidade aos planejamentos e ainda superar imprevistos caso surjam no caminho. Quem se antecipa, sai na frente!

3 – Fique de olho na conexão

Falando em ensino híbrido, não há tempo a perder com problemas na conexão ou falta de internet. Se puder, utilize cabos em vez de wi-fi, pois isso ajuda a ter uma melhor conectividade.

E para não deixar imprevistos com falta de internet interromperem suas atividades e gerarem atrasos, ou até mesmo muito retrabalhos, verifique a velocidade da conexão e se todos os recursos estão funcionando antes das aulas.

Assim, caso seja necessário entrar em contato com os suportes, este atendimento pode ser antecipado e o problema resolvido antes de acontecer!

Vale lembrar que em casos de constantes problemas com a conexão ou as plataformas disponíveis para realização das aulas no ensino híbrido, é importante que professores e as instituições dialoguem sobre o assunto.

Desta forma, as escolas podem disponibilizar equipamentos mais atuais para que os professores consigam trabalhar com conexões rápidas de forma assertiva, ou até mesmo invistam em melhorias nos seus planos de internet.

4 – Priorize a organização do espaço físico de trabalho

Já discutimos sobre o uso do tempo e da internet no ensino híbrido aqui e aqui. Agora, como você organiza o seu espaço de trabalho? Afinal, se em sala de aula você prezava por um ambiente bem estruturado, também precisa ter isso como prioridade no espaço de ensino usado para as atividades virtuais.

Ou seja: organize sua mesa, gavetas e todo o material de ensino, para ter em mãos tudo o que precisar com rapidez e de forma simplificada. Isso porque a organização física interfere diretamente na eficiência das tarefas, prejudicando a produtividade.

Sem contar que um espaço bem elaborado transmite uma melhor sensação de conforto e bem-estar, não é mesmo? E ainda reduz as chances de perder materiais importantes.

Nesta publicação compartilhada pela instituição IBC Coaching sobre organização da mesa de trabalho, estão algumas dicas que podem contribuir com os professores do ensino híbrido:

  • Descarte tudo o que não tiver mais utilidade;
  • Classifique os materiais de acordo com os assuntos e temas, em pastas ou catálogos, por exemplo;
  • Reduza o uso de papel o máximo que puder, digitalizando o que for possível para ocupar menos espaço;
  • Evite ocupar o espaço de trabalho com muitos objetos e enfeites, e, principalmente, não consuma alimentos no local, pois além de atrair insetos e animais, você pode acabar danificando materiais importantes;
  • Use divisórias e caixas nos armários e gavetas.

5 – Mantenha a área de trabalho organizada no mundo digital também!

Agora que o espaço que você usa para realizar as atividades do ensino híbrido está organizado, é hora de melhorar também esta organização no seu computador.

A lógica é a mesma: quanto mais organizados estiverem seus arquivos, mais rápido será para encontra-los e mais fácil será para trabalhar.

Vale lembrar que esta dica ainda contribui com a segurança dos seus materiais, uma vez que assim você também terá menos riscos de apagar algo importante para as aulas.

Então, aqui vão algumas orientações para o computador ficar em dia e você otimizar a rotina com muita organização, baseadas em conteúdo do portal Digital Security:

  • Crie pastas e separe os arquivos de acordo com temas ou datas, como preferir;
  • Mantenha um padrão ao renomear pastas e arquivos;
  • Exclua pastas vazias ou arquivos inutilizados – incluindo materiais duplicados;
  • Evite salvar materiais na área de trabalho.

Além disso, o CanalTech compartilhou alguns softwares que ajudam a limpar a área de trabalho em alguns minutos. Basta acessar a publicação e conhecer estas ferramentas.

6 – Respeite o seu tempo

Para terminar, lembre-se de respeitar os horários. Ou seja, equilibre sua rotina de trabalho com a vida pessoal. 

Nos últimos meses, muitos professores relataram que estão trabalhando mais para atender às demandas do ensino híbrido, deixando de realizar pausas ou até mesmo utilizando o período de descanso para executar e planejar as atividades.

Além disso, muitos alunos e pais acabam realizando consultas para esclarecer dúvida no período após aulas, pelas facilidades dos recursos digitais.

Então, atenção: não deixe que a rotina do ensino híbrido afete seus limites. Saiba estabelecer e cumprir com os horários para que isso não afete sua saúde mental.

Bom trabalho!

Gostou das nossas dicas, professor? Esperamos que elas contribuam com sua jornada e ajudem você a otimizar a rotina no ensino híbrido! Siga acompanhando nossas publicações e conheça mais aprendizados que temos a compartilhar. Até logo!

Deixe uma resposta