Volta às aulas presenciais - acolhimento de alunos e professores

Acolhimento na volta às aulas presenciais

Confira as dicas listadas pelo blog da Ciranda de Livro para um retorno seguro e humanizado de alunos e professores às salas de aula

Seguindo as orientações do MEC (Ministério da Educação), escolas de diversos estados e municípios do Brasil estão retomando as aulas presenciais neste segundo semestre de 2021.

Para isso, mais que cumprir os protocolos de segurança contra o contágio do coronavírus, deve-se prezar neste momento pelo acolhimento tanto dos estudantes, quanto dos educadores.

Isso porque ambas as partes foram bastante impactadas pelas consequências do isolamento social durante a pandemia. Logo, neste período de retomada, existem inseguranças e dificuldades a serem superadas por todos.

Afinal, muita coisa mudou, não é mesmo? O que não muda – nem nunca vai mudar – é a vontade de promover um reencontro seguro e humanizado entre estudantes e professores no “novo normal”.

Pensando nisso, trouxemos dicas importantes para que este momento de volta às aulas presenciais seja especial para todos. Siga essas orientações e veja como tornar a retomada mais acolhedora nas escolas.

A realidade da volta às aulas presenciais no Brasil

Você sabia que o Brasil está entre os países que mais ficaram com escolas de portas fechadas durante a pandemia? Segundo levantamento da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), foram 57 semanas sem aulas.

Ainda que os casos de contágio do coronavírus continuem em alerta no Brasil, as escolas querem “recuperar o tempo perdido”. Pois a aprendizagem de muitos foi impactada por dificuldades diversas durante o ensino remoto, desde problemas de concentração e conectividade para realização das aulas, até mesmo o abandono escolar.

Para isso, todos estão tomando os devidos cuidados e seguindo os protocolos compartilhados pelas autoridades brasileiras. Confira algumas orientações presentes no Guia de Retorno das Atividades Presenciais nas Escolas de Educação Básica do MEC:

  • Uso de máscara obrigatório;
  • Lavar frequentemente as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou realizar a higienização com álcool em gel 70%;
  • Respeitar o distanciamento de pelo menos 1 metro;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos e talheres, nem materiais didáticos, brinquedos ou jogos;
  • Priorizar refeições em prato feito em vez do autosserviço (self-service).

São aconselhamentos que já fazem parte do nosso dia a dia desde o início da pandemia, mas que precisam ser reforçados e cumpridos entre todos que estiverem presentes na volta às aulas presenciais.

Além disso, no último dia 6 de agosto, o Conselho Nacional de Educação publicou no Diário Oficial da União mais medidas que devem ser tomadas no retorno às aulas, conforme divulgado pela Agência Brasil.

Entre elas, o destaque ficou pelo ponto onde é reforçado que as atividades pedagógicas podem acontecer em partes ou totalmente à distância, de acordo com os riscos de contaminação e condições sanitárias da escola.

Como acolher os estudantes nesta retomada?

Mais do que ter segurança no retorno à escola neste momento de volta às aulas presenciais, como já reforçamos aqui no blog da Ciranda de Livro, agora é importante pensar em estratégias que promovam o acolhimento, tanto de educadores, quanto dos estudantes.

Para começar, considere que todos estão enfrentando dificuldades de adaptação neste momento de volta às aulas presenciais. Portanto, deve-se esperar que os ânimos estarão exaltados, uma vez que muitos estão ansiosos ou inseguros para o reencontro.

Criar um ambiente de apoio e encorajamento para os estudantes pode ser uma boa ideia para enfrentar todos esses sentimentos presentes na volta às aulas no “novo normal”.

Desta forma, educador, demonstre seu apoio aos alunos e familiares e humanize as atividades com máxima compreensão nesta nova rotina escolar.

Para que isso ocorra da melhor forma possível, o acolhimento dos profissionais da educação também precisa acontecer nas instituições. Porque as incertezas das voltas às aulas também fazem parte da rotina dos educadores.

Assim como os estudantes, muitos profissionais, ainda têm medo do contágio ou estão encarando desafios relacionados à saúde mental e inteligência emocional, como já abordamos aqui no blog, quando falamos sobre a formação e o cuidado com os professores no ensino híbrido. Veja a seguir como cuidar deles também!

Cuidados com os profissionais da educação na volta às aulas presenciais

Reunimos aqui algumas dicas para o acolhimento dos profissionais da educação que contribuem com o bom andamento da volta às aulas presenciais. Confira:

  • Invista em uma rotina de trabalho bem planejada, para evitar horas extras ou sobrecarga de trabalho.
  • Desenvolva o engajamento dos profissionais com atividades motivacionais.
  • Crie uma rede interna de apoio para promover a união e colaboração entre os educadores e colegas da instituição, para que ofereçam assistência em caso de necessidade.
  • Valorize a troca de feedbacks, transmitindo pontos de melhorias com respeito e elogios que refletem na evolução do trabalho.
  • Ofereça cursos, treinamentos e acesso a plataformas de conhecimento para capacitação e atualização das atividades neste momento.
  • Incentive atividades que promovem a qualidade de vida, como exercícios e outras práticas que melhoram a saúde mental.

Vale reforçar que este último tópico exige atenção redobrada. Isso porque, de acordo com pesquisa compartilhada pela CNN Brasil, a saúde mental de 72% dos educadores foi impactada durante a pandemia, com altos índices de ansiedade, estresse e outras doenças mentais registradas por eles.

Sendo assim, sugira e adote hábitos que impactam positivamente a vida. Mantenha o sono adequado, dietas equilibradas, realize atividades físicas e o consuma adequadamente água, por exemplo.

Estas escolhas refletem diretamente na performance dos profissionais dentro das salas na volta às aulas presenciais. E uma vida mais saudável é, por consequência, mais produtiva.

Desejamos a todos que estão passando por este momento de retomada às atividades presenciais uma excelente volta às aulas.

E reforçamos nosso compromisso com a qualidade da aprendizagem! Para isso, compartilhamos conteúdos como este aqui no blog, que ajudam na superação dos principais desafios da educação. Acompanhe as próximas publicações!

Deixe uma resposta