Como motivar os professores da sua escola?

Employer branding, employee experience… São muitas as novas teorias corporativas que podem ser aplicadas na escola para motivar e engajar os professores; confira algumas delas

Percebeu que o “fantasma da desmotivação” pode estar assombrando sua escola e não sabe como motivar os professores? Então, agora você vai descobrir muitas estratégias que fazem a diferença.

Sabemos que hoje o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Sendo assim, investir em ideias para motivar os educadores é fundamental. A iniciativa ainda ajuda a reter bons profissionais e manter a alta qualidade das atividades escolares.

Para isso, o colégio deve proporcionar experiências que promovam o engajamento dos professores. Pensando em estratégias nesse sentido, trouxemos 10 pontos de atenção para você despertar a sensação de pertencimento à equipe. Afinal, fazer diferente é sair na frente. Confira!

10 dicas para motivar os professores e combater o desânimo

1. Employer branding

Além de pensar em como sua escola é percebida por estudantes e responsáveis, invista em trabalhar a imagem da instituição em relação ao mercado de trabalho. Afinal, a forma como os profissionais da educação reconhecem o colégio influencia diretamente na motivação de quem trabalha no local diariamente.

Dessa forma, o conceito de employer branding (em tradução, “marca do empregador”) vai ao encontro dos professores. Como define a plataforma de recrutamento Gupy, o termo resume o conjunto de técnicas que impactam a percepção das pessoas a respeito da escola ser um bom local ou não para seguir carreira.

Quando as estratégias são bem executadas, as ações refletem não só na retenção de professores como também no engajamento e na competitividade, uma vez que mais profissionais vão buscar oportunidades na escola.

2. Employee experience

Outro termo em alta nos Recursos Humanos e que você precisa trabalhar na sua escola para motivar os professores é o employee experience, ou seja, a experiência do colaborador. A empresa de recrutamento Revelo, que criou um e-book gratuito sobre o assunto, define o conceito como a forma que a instituição impacta a vida e a memória dos professores.

Em resumo, employee experience são todas as experiências que os profissionais vivem na escola. Portanto, influenciam na forma de como engajar os professores, pois estão diretamente ligadas à satisfação ao trabalhar.

Dessa forma, pensar em ações diferenciadas, que vão além das datas comemorativas, faz a diferença. Que tal planejar confraternizações ou outros mimos que agreguem bem-estar ao time?

3. Gamificação

Engana-se quem pensa que o termo está restrito às metodologias ativas e atividades nas salas de aula. As estratégias de gamificação podem ser usadas também para engajar os professores.

Conforme abordado neste conteúdo do Consumidor Moderno, ao recompensar os profissionais por sua produtividade com ações nesse formato, é possível engajá-los de forma positiva, inovadora e humanizada.

Logo, criar jogos ou outras atividades de ranqueamento, com uma premiação ao final, desperta uma competitividade sadia e valoriza o desempenho individual dos professores.

4. Liderança

Bons líderes inspiram seus liderados. Segundo a plataforma de recrutamento Gupy, líderes “acima da média” contribuem com as escolas quando possuem uma boa relação com os profissionais que estão sob sua gestão.

Dessa forma, com um livre acesso à liderança e à gestão inspiradora, o educador se sente mais engajado e tem mais satisfação ao trabalhar.

5. Autonomia

Outro ponto de destaque listado pela Gupy em relação à forma que a escola engaja seus professores é a autonomia ao trabalhar. Todos sabem suas responsabilidades e as regras da instituição. Logo, os profissionais precisam se sentir confortáveis para trabalharem de forma proativa e criativa, de maneira que tenham liberdade para atuar conforme acreditam.

6. Comunicação

Você sabia que a comunicação é um dos principais pilares ao buscar formas de como engajar os professores? Por isso, como observado neste conteúdo da plataforma de engajamento Feedz, comunicar as atividades de maneira eficaz conecta os profissionais com a escola.

Para isso, as estratégias de comunicação precisam ser pessoais e próximas da liderança. Todos devem se sentir ouvidos e ter espaço para falar. Sabe como motivar os educadores em meio à comunicação? Com feedbacks! O retorno sobre as atividades é fundamental para o alinhamento dos propósitos da escola e do profissional.

7. Benefícios

A empresa digital de Recursos Humanos Convenia sugere benefícios que vão além dos obrigatórios pela legislação como formas para motivar colaboradores . Ou seja, planos de saúde, odontológicos, ou outros tipos de auxílios e vales podem incentivar os professores também.

Hoje já existem muitos benefícios flexíveis, que têm despertado interesse dos profissionais no mercado de trabalho, inclusive na educação. São convênios com academias ou planos de saúde na área mental, por exemplo. A possibilidade de folgas flexíveis (como no dia do aniversário) também é uma maneira de despertar essa satisfação entre a equipe.

8. Metas

Definir metas possíveis é uma estratégia bastante adotada na forma de como engajar os professores, pois pode trazer mais significado ao trabalho, de acordo com a consultoria GPTW – Great Place To Work. Além de contribuir com os resultados da escola, é uma forma de os colaboradores avaliarem seus próprios desempenhos em relação ao cenário.

Ao alcançarem as metas, os professores podem ficar mais motivados a se superarem nas atividades. O contrário também é positivo: no caso de não alcançarem, vão se motivar a buscar aprendizados para sobressaírem com melhores resultados na próxima ocasião.

9. Ambiente de trabalho

Proporcionar aos professores um bom ambiente de trabalho é fundamental para motivar os profissionais a executarem suas atividades com máxima satisfação. Nesse sentido, a gestão deve pensar além dos requisitos básicos, proporcionando ambientes colaborativos e participativos, conforme também observado pelo GPTW.

A iniciativa influencia no bom relacionamento entre os colaboradores, porque pode contribuir para amenizar tensões do dia a dia por meio da descompressão em ambientes que proporcionem o relaxamento, por exemplo. Sendo assim, ao investir na infraestrutura, os professores se sentirão mais engajados.

Portanto, ofereça recursos que otimizem as salas de aula e agreguem praticidade ao cotidiano.

10. Integração

Para terminar, esse pode ser nosso último tópico. Entretanto, deve estar entre os primeiros da sua lista de prioridades, gestor! Isso porque o engajamento do professor começa antes mesmo do seu início na escola. Logo, pense em atividades que integrem profissionais e possam despertar a motivação desde o primeiro dia de trabalho.

Kits de boas-vindas, a forma como você apresenta a instituição e a equipe escolar, ou seja, tudo o que envolva a comunicação inicial deve ser pensada estrategicamente para que o educador se sinta à vontade.

Gostou das nossas dicas para motivar os professores? Porque temos mais!

Para completar sua leitura, confira também 5 dicas para motivar professores no novo normal que já apresentamos no Blog da Ciranda de livro.

Agora, esperamos que este conteúdo também contribua com a forma como você engaja e motiva os professores a seguirem em frente nas atividades escolares. Até a próxima!

Deixe uma resposta