Como proporcionar uma melhor formação continuada para seus professores em 2022

Seu colégio já fechou o calendário de formação continuada para os professores deste ano? Confira dicas para criar um cronograma mais assertivo, atual e inovador

Uma das prioridades das escolas no início do ano letivo é a criação do calendário de formação continuada de 2022.

Esta estratégia é fundamental para garantir a qualidade do ensino, principalmente em tempos de mudanças e adaptações constantes como o que vivemos agora.

Vale reforçar ainda que a orientação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) é de que a formação continuada dos professores seja pauta obrigatória nas instituições de ensino.

E então, como é o seu processo de criação de um calendário de formação continuada para professores? Será que ele está precisando de uma atualização?

Foi pensando nisso que trouxemos importantes dicas e orientações que podem lhe ajudar neste aperfeiçoamento em 2022. Siga com a leitura para conhecer algumas orientações que podem fazer a diferença no seu corpo docente.

5 dicas para criar um calendário de formação continuada de alta eficiência

1. Observe a realidade ao seu redor

Para começar, você precisa criar um calendário de formação continuada que tenha relação real com a realidade da sua escola e dos docentes. Portanto, atente-se ao que os profissionais estão reportando. Além disso, faça uma avaliação dos resultados da instituição no ano passado e use os dados a seu favor. Observe o que deu certo e errado e, a partir disso, utilize os insights para criar o calendário de formação continuada de 2022.

2. Microteaching

Você conhece esta tendência na formação continuada de professores? A metodologia se refere à gravação de alguns minutos das aulas dos docentes, com o objetivo de rever o vídeo para entender as estratégias usadas na sala e como melhorá-las. Então, não deixe de inserir estas atividades no calendário de formação continuada de 2022. Você só precisa de uma câmera – ou de um smartphone – e poucos minutos da agenda. E com esta curta avaliação audiovisual, é possível aprimorar o dinamismo e até mesmo o plano pedagógico.

3. Parcerias

Já pensou em incluir parceiros que contribuam com a formação continuada dos professores em 2022? Nada como verificar a disponibilidade de especialistas que tenham muito conhecimento a compartilhar com os profissionais. E, assim, incluí-los no calendário, criando bate-papos e até mesmo formações focadas em competências ou temas específicos.

4. Datas comemorativas e eventos

Existe uma grande diferença entre o calendário de formação continuada de professores de 2021 para 2022. Sabe qual é? São as datas comemorativas e eventos que só vão acontecer este ano. Afinal, eles podem influenciar diretamente o seu calendário. Temos, por exemplo, os 200 anos da Independência do Brasil. Ou ainda o centenário da Semana de Arte Moderna de 22.

Listamos estes assuntos quando falamos aqui no blog sobre temas de livros do aluno para 2022, você se lembra? Além disso, ainda temos um dos eventos mais esperados pelos brasileiros, que é a Copa do Mundo! Logo, não deixe de pesquisar o que vai acontecer durante o ano e acrescentar estas datas entre suas estratégias para formação continuada de 2022.

5. Agendas digitais

Recentemente, também falamos aqui no blog sobre ferramentas essenciais de organização para professores. Você conferiu nossas dicas? Elas também podem contribuir com o seu calendário de formação continuada de 2022.

Isso porque todos estão cada vez mais conectados, o que inclui a popularização do uso de agendas digitais. Logo, saia do papel e inicie a transformação digital da sua instituição por meio do compartilhamento do calendário de forma digital. Quanto maior a conectividade e uso de tecnologias entre a equipe, mais assertiva e eficiente será a comunicação e as atividades.

Confira 10 sugestões de temas para trabalhar na formação continuada em 2022

Listamos também algumas sugestões de assuntos que podem nortear as atividades de formação continuada dos professores em 2022.

Elas são baseadas em orientações compartilhadas por especialistas de educação. Algumas já são conhecidas e até já devem ter sido trabalhadas por você, coordenador e diretor. Siga com a leitura e inspire-se nestas pautas:

  1. Metodologias Ativas;
  2. Competências socioemocionais da BNCC;
  3. Estratégias para conquistar a atenção dos alunos em sala de aula e no ensino remoto;
  4. Ferramentas tecnológicas para suporte às aulas;
  5. Cuidados com a saúde mental de docentes e alunos;
  6. Pedagogia interdisciplinar;
  7. Inclusão e acessibilidade;
  8. Autonomia dos estudantes;
  9. Acolhimento e envolvimento dos responsáveis dos alunos nas atividades escolares;
  10. Diversidade e direitos humanos na educação.

Para completar, invista no treinamento para educação personalizada!

Para encerrar seu calendário de formação continuada em 2022 com chave de ouro, invista no treinamento do corpo docente com foco em educação personalizada.

Sabe por que você deve fazer isso? A educação personalizada de professores permite muitos avanços na aprendizagem.

O conceito de educação personalizada considera que cada estudante possui diferentes níveis de conhecimento e habilidades. Portanto, para atendê-los, os professores devem aplicar estratégias diferenciadas para cada um deles.

Vale considerar ainda que a educação personalizada permite a recuperação de deficits de aprendizagem que percebemos durante a pandemia. Sabemos que muitos estudantes não conseguiram acompanhar a evolução dos conteúdos e, assim, foram prejudicados.

Isso se deve a problemas desde a conectividade para acompanhar as aulas remotas, ou até mesmo a dificuldade de realizar atividades on-line. Sendo assim, a educação personalizada se faz uma importante solução na busca do “tempo perdido” e na recuperação do ensino nestes casos.

E esta tem sido uma das tendências de educação para 2022, conforme já adiantamos em nosso blog. Então, treinamentos focados em como aplicar a educação personalizada deve estar presente no calendário de formação continuada deste ano também!

Sempre juntos

Para concluir, não se esqueça, coordenador e diretor: pedagogia e inovação caminham lado a lado. Portanto, é por isso que seu calendário de formação continuada precisa refletir e atender às necessidades de aprimoramento dos professores do futuro. Porque esta atualização é fundamental para manter o ensino em dia e, assim, contribuir com os avanços dos estudantes em sala de aula.

E então, gostou do nosso conteúdo? Pois siga acompanhando o blog da Ciranda de Livro! Aqui você vai se manter sempre à frente das tendências e novidades da educação, porque acompanhamos as demandas das escolas e estamos sempre em busca de informações para resolvê-las. Até a próxima!

Um comentário em “Como proporcionar uma melhor formação continuada para seus professores em 2022

Deixe uma resposta